Casos Tratados


Todas as fotografias desta área são de casos tratados pelo Dr. Roberto Laudares. São apresentadas apenas duas imagens para cada caso, a fim de facilitar a visualização dos resultados.

Em se tratando de ortodontia, existem muitos problemas que podem existir em conjunto ou separadamente para cada paciente. Estes problemas podem ser de ordem dentária, como um pequeno giro ou um desalinhamento dos dentes, de ordem esquelética, como um excesso de crescimento maxilar, ou mesmo funcional, quando o paciente se queixa, por exemplo, de dificuldade para mastigar. Se apresentar algum dos problemas ao lado ou listados na seção Eu Preciso? você pode ser um candidato para o tratamento ortodôntico. Consulte-nos, faça contato agora mesmo.


Apinhamento

O apinhamento dentário é um dos problemas ortodônticos mais comuns, caracterizado pelo posicionamento inadequado dos dentes. É o popular “dente torto” ou “dente montado“. A principal causa de apinhamento dos dentes é a falta de espaço na mandíbula. É muito comum principalmente durante a transição dos dentes decíduos – os famosos dentes de leite – para os permanentes. Isso porque a mandíbula da criança geralmente é pequena para comportar os dentes que a acompanharão durante a vida adulta.

Em alguns casos, os dentes podem se alinhar com a finalização do crescimento e do osso mandibular. Mas também é comum que a falta de espaço permaneça, assim como os problemas causados por ela. O apinhamento, além de ser esteticamente desfavorável, dificulta a higienização dos dentes, uma vez que cria áreas de difícil acesso na boca e impede a ação do fio dental entre os dentes sobrepostos. Por isso, o acúmulo de tártaro é comum em dentes apinhados, o que pode causar inflamações na gengiva e cáries.

Caso número 1

Apinhamento

Apinhamento
Antes do Tratamento

Apinhamento

Apinhamento
Depois do Tratamento

Caso número 2

Apinhamento

Apinhamento
Antes do Tratamento

Apinhamento

Apinhamento
Depois do Tratamento

Caso número 3

Apinhamento

Apinhamento
Antes do Tratamento

Apinhamento

Apinhamento
Depois do Tratamento

Caso número 4

Apinhamento

Apinhamento
Antes do Tratamento

Apinhamento

Apinhamento
Depois do Tratamento


Diastema

O diastema é uma área de espaço extra entre dois ou mais dentes. É mais frequentemente observado nos dois dentes frontais da arcada superior. Muitas crianças tem diastema como resultado da queda dos dentes de leite, mas, na maior parte dos casos, os espaços se fecham quando os dentes permanentes nascem.

O diastema pode ser causado pela diferença de tamanho dos dentes, pela falta de dente ou anormalidade do freio labial, que é o tecido que se estende do lábio à gengiva até o ponto em que se localizam os dois dentes frontais superiores.

Caso número 1

Diastema

Diastema
Antes do Tratamento

Diastema

Diastema
Depois do Tratamento

Caso número 2

Diastema

Diastema
Antes do Tratamento

Diastema

Diastema
Depois do Tratamento


Mordida Aberta

A mordida aberta é a deficiência de contato entre os dentes superiores e inferiores. Pode ocorrer nos dentes da frente (mordida aberta anterior) e/ou nos dentes posteriores (mordida aberta posterior). A má oclusão de mordida aberta anterior, mais comum, geralmente altera o perfil e acarreta deficiência estética do paciente, dificultando a apreensão e corte dos alimentos, além de prejudicar determinados fonemas, expondo o paciente a situações desagradáveis em seu ambiente.

A principal causa da mordida aberta nos dentes da frente são os hábitos de succão não nutritivos como usar chupeta, a mamadeira e chupar o dedo. Estes hábitos são considerados normais até a criança atingir a idade de dois a três anos. Após esse período, os problemas ósseos e dentários tendem a ser mais difíceis de se corrigir.

Caso número 1

Mordida Aberta

Mordida Aberta
Antes do Tratamento

Mordida Aberta

Mordida Aberta
Depois do Tratamento

Caso número 2

Mordida Aberta

Mordida Aberta
Antes do Tratamento

Mordida Aberta

Mordida Aberta
Depois do Tratamento