Perguntas Frequentes


O que é um especialista em ortodontia?

O Ortodontista é o profissional que após concluir o curso de graduação em Odontologia, fez uma pós-graduação em nível de especialização em Ortodontia. Este curso de especialização deve ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO)

O que é um especialista Ortopedia facial?

O Especialista e Ortopedia facial é o profissional fez uma pós-graduação em nível de especialização para o tratamento das assimetrias ósseas, redirecionando, estimulando e até mesmo restringindo o crescimento da mandíbula e/ou da maxila. “O tratamento é bastante simples, mas só mostra resultados em crianças ou adolescentes que ainda estejam se desenvolvendo” . Este curso de especialização deve ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) 

Porque buscar um tratamento ortodôntico?

Para obter uma melhora na função, saúde e aparência. Função - o correto alinhamento dentário contribui para uma melhor mastigação considerando o contato adequado entre os dentes superiores e inferiores. Saúde - quando os dentes encontram-se apinhados ou sobrepostos a higiene oral inadequada provoca o aparecimento de cáries e doença gengival. Portanto, estando os dentes bem alinhados torna-se muito mais fácil o seu cuidado. Aparência: A Auto-Estima é uma das forças necessárias para que o indivíduo se sinta bem dentro do convívio social, fazendo com que seja valorizado naquele círculo de amizades. Um sorriso bonito com dentes bem alinhados proporciona segurança e confiança.

Qual a origem dos problemas ortodônticos?

A maloclusão pode ter origem hereditária, ou seja, transmitida dos pais aos filhos. O tamanho dos ossos (maxila e mandíbula) e o tamanho dos dentes são típicas influências familiares herdadas. Outro grupo de problemas são as causas adquiridas geradas pela sucção da chupeta, dos dedos, por problemas respiratórios, cáries dentais, perda de dentes, traumatismo e outros mais. A interação destes problemas exige um diagnóstico, planejamento e tratamento cuidadoso e com conhecimento e aprimoramento constantes, pois o tratamento mal planejado, poderá trazer complicações mais serias do que se não tivesse sido tratado.

Tratamento precoce e interceptativo

Se no exame precoce o ortodontista detectou algum problema na criança que exija intervenção, será indicado um tratamento interceptativo, ou seja, que favoreça o desenvolvimento de uma oclusão adequada.  Este tratamento poderá alcançar resultados que não seriam possíveis após o término do crescimento da face. Além disso, uma intervenção precoce poderá diminuir a severidade de um problema. Se for necessária uma segunda fase de tratamento, esta poderá ser facilitada.

Quando é necessário extrair dentes permanentes?

Em algumas situações, o ortodontista precisa solicitar extrações dentárias para obter uma oclusão estável e uma harmonia facial. Geralmente são solicitadas as extrações quando existe falta de espaço mais severas para um correto alinhamento e nivelamento dos dentes, ou quando estão muito projetados (inclinados para frente).

O que é tratamento orto-cirúrgico?

É a combinação da ortodontia com a cirurgia facial (maxila e/ou mandíbula). É uma forma de corrigir casos severos de maloclusão e de anormalidades entre maxila e mandíbula. É um tratamento seguro, e desde que o caso seja bem diagnosticado e planejado por profissional capacitado, traz resultados extremamente satisfatórios e estéticos.

Quando o tratamento orto-cirúrgico é necessário?

A maxila e a mandíbula são as bases nas quais os dentes estão alinhados. Quando estas não estão bem relacionadas entre si, a correção da mordida não poderá ser alcançada somente com o uso de aparelhos, principalmente quando o paciente é adulto. O ortodontista, juntamente com o cirurgião buco-maxilo-facial, farão o planejamento do tratamento em conjunto, tendo em vista uma futura intervenção cirúrgica. Para realizar um tratamento orto-cirúrgico, o paciente inicialmente usa aparelhos fixos com o objetivo de alinhar e nivelar corretamente os dentes. Após esta fase inicial ter sido concluída o paciente é submetido à cirurgia e retorna ao ortodontista para a finalização do tratamento.